No dia 08 de julho, foi realizado o 1º Encontro Pet nas dependências da Asbemge, um evento beneficente em prol da defesa animal que contou com o apoio do Clube. Foi uma tarde de comida de boteco, com bingo e divulgação de animais disponíveis para adoção através de um mural de fotos.

 

O evento foi organizado por um grupo de apaixonados por bichos, que atua no resgate de cães e gatos abandonados nas ruas e oferece atendimento com remédios, vermífugos, vacinas, castração (sempre que possível) e lar temporário até a adoção responsável.

 

O 1º Encontro Pet teve o objetivo de arrecadar fundos para as iniciativas do grupo, além de sensibilizar possíveis adotantes.

 

Segundo estimativa da Prefeitura de Belo Horizonte, cerca de 30 mil cães e gatos vivem nas ruas da Capital, vítimas do abandono, maus tratos e até mesmo da crueldade humana.

 

Izabel Pompeu, que esteve à frente do evento, ressaltou a importância do apoio da sociedade, entidades não governamentais e instituições, como o Clube Asbemge, nessa luta que não refere apenas ao bem-estar dos animais mas também de saúde pública. Segundo estimativa da Prefeitura de Belo Horizonte cerca de 30 mil cães e gatos vivem nas ruas da Capital, vítimas do abandono. A grande maioria se encontra bem debilitada diante dos maus tratos e até mesmo crueldade da população, que ainda precisa passar por uma conscientização. De acordo com o Centro de Controle de Zoonoses da Capital, um cão abandonado tem seis vezes mais risco de contrair uma doença do que um domesticado. Mas há um longo caminho a ser percorrido para vencer os preconceitos da adoção.

 

A organizadora agradeceu ao Clube Asbemge pela cessão do espaço que possibilitou a realização do evento e também fez questão de nomear agradecimentos aos outros parceiros, voluntários e colaboradores: Elen Marques (Fato Comunicação) e Sarah Angrisano, Nathalia e Julião (CVC), Nívea e Soraya (Bikreps), Bianca Palhas Brasil, Fabrício Studio Imagem, Dra. Thabata (Clínica Bem Cuidar), Dra. Marcela (Pet Shop Animal é 10), Eliana (Data Flora), Espaço Reiklibrar, Paloma Rezende (Make), Maurinho (Ponto da Bebida), Iara Artesanatos e Ron Ron Artesanato.

 

“Gostaria de agradecer à presença de todos no nosso 1° Encontro Pet. Foi um prazer receber, numa tarde maravilhosa e muito agradável, pessoas tão queridas e que abraçam essa causa conosco! Obrigada aos parceiros pelo apoio, colaboradores e voluntários, que não mediram esforços para nos ajudar. Os brindes doados para o bingo, nos possibilitou arrecadar fundos para ajudar os peludos! Tivemos também a oportunidade de mostrar, através de um mural de fotos, quantos pacotinhos de amor aguardam por uma chance de encher de alegria o coração de alguém! A ideia do evento também é essa: levar uma mensagem às pessoas sobre como adotar é tudo de bom”, finalizou Izabel.

 

 

ADOTAR É UM ATO DE AMOR

 

Lembre-se: adotar é um ato de amor, mas é preciso se preparar para isso.

 

A maior causa de abandono é o despreparo para se ter um animal em casa, além da crise econômica. Muitos querem um filhote peludo, mas um bibelô que não cresça, não lata e não faça necessidades pela casa.

 

Informe-se sobre as características do animal antes de adotar, para que você faça a escolha certa.

 

Alguns cuidados são essenciais na hora de escolher o novo amigo. O mais importante é ter certeza que está disposto a assumir a responsabilidade de cuidar do animal.

 

Aqui vão algumas dicas para ajudar você:

 

  • ANALISE O FERFIL DA FAMÍLIA – Antes de adotar, é importante refletir sobre o perfil da família e a rotina da casa (se é mais agitada ou pacata). Se a família terá tempo para passear com o novo amigo ou se ele vai ficar muito tempo sozinho em casa. E principalmente se há crianças (tem animais que amam crianças, outros já não convivem muito bem).
  • OBSERVE O SEU ESPAÇO E SE ORGANIZE – Pense no espaço que você tem e o porte do animal que você deseja, assim como a sua personalidade e necessidades de movimento. Ao decidir adotar, prepare o ambiente para receber o novo amigo. Pense nos locais onde ele vai comer, fazer suas necessidades e dormir.
  • ESCOLHA O ANIMAL QUE MELHOR SE ADAPTA À VIDA DE SUA FAMÍLIA – Filhote ou adulto? Nem sempre escolher um filhote é o ideal, pois eles podem chorar, e ainda não são adestrados, necessitam de mais tempo de ensino. Reflita se todos na casa poderão se comprometer com um filhote ou se é melhor adotar um cão adulto. Filhotes exigem paciência. Há muitos animais adultos facilmente adaptáveis a novas rotinas. O porte e as características de personalidade também devem ser verificados, de acordo com o estilo de vida de cada um!
  • TEM OUTROS ANIMAIS EM CASA? FIQUE ATENTO – Antes de adotar, procure saber se o animal convive bem com outros pets ou se convive melhor sozinho.
  • SE INFORME SOBRE ONDE ADOTAR – Procure saber se o animal vem de uma ONG ou protetores de animais que desenvolvam um trabalho sério, comprometidas com a causa animal.
  • SEJA PACIENTE E RESPEITE O PERÍODO DE ADAPTAÇÃO – O novo amigo é um ser vivo e precisa de atenção e paciência. Ao adotar, lembre-se sempre que há um período de adaptação (até mesmo para nós, humanos, frente a novas situações) e que alguns animais podem demorar mais que outros para se adaptar. Mas isso não significa que adoção não dará certo. Não desista facilmente e não devolva o seu novo pet. Dê tempo a ele e terá um amigo grato e fiel!
  • AME O SEU BICHINHO! – Ensine ao seu novo amigo a rotina da casa, sinalize pra ele o que você gosta ou não que ele faça. Os animais adotados são muito gratos de serem resgatados das ruas e se esforçam muito para agradar os novos donos. Eles aprendem fácil. Ame o seu bichinho, pois ele amará você incondicionalmente.

 

Em caso de dúvida ou insegurança em relação à escolha do animal para adotar, não hesite em consultar um profissional especializado em comportamento animal.

 

Conversar com pessoas que já adotaram e também com aqueles que lutam pela defesa animal, ajudará bastante na escolha certa!

 

 

 

Confira mais fotos em nossa galeria: https://asbemge.com.br/fotos/eventos/asbemge-apoia-1o-encontro-pet

Fotos de Fabrício Studio Imagem e divulgação Asbemge